Games violentos estão ameaçados, O que você acha da proibição de games violentos?


Uma das mais bem sucedidas séria de videogames, Call of Duty, está ameaçada por uma lei que restringe a venda de jogo violentos.

O que acontece é o seguinte, a Suprema Corte Americana está julgando uma lei de 2005 que torna ilegal a venda de jogos com temática adulta no varejo a menores de idade, com multa de US$ 1.000 para cada infração na Califórnia.
Durante um debate sobre jogos violentos em São Francisco, George Rose, vice-presidente executivo e oficial-chefe de políticas públicas da Activision-Blizzard,  afirma: “O que vai acontecer é que Call of Duty vai entrar para uma categoria restrita, nenhuma loja no país vai querer disponibilizá-lo e este jogo não será mais produzido. Ponto. Fim da questão.”
Rose avisa que a Activision-Blizzard irá demitir qualquer vendedor que permitir a compra de um jogo violento para menores. Segundo seu levantamento, mais de 5 milhões de unidades são vendidas atualmente, somente no estado da Califórnia. Se multiplicarmos as vendas por US$ 1.000 de multa, imagine o prejuízo que a produtora teria.
Será que proibir jogos violentos é a solução? Dê sua opinião.
Fonte: Techtudo

Uma proposta de lei criada pelo senador Valdir Raupp (PMDB-RO) que define como
crime a venda, distribuição e importação de games contrários “aos costumes e
tradições” do povo brasileiro foi aprovada nesta quarta-feira, 02, pela comissão
de Educação do Senado.

Para entrar em vigor, a lei ainda precisa passar pelo consentimento do plenário do
Senado, da Câmara e sanção do Executivo. Caso isso ocorra, jogos como GTA e
Counter Striker não poderão ser comercializados e distribuídos no país.

O texto do senador Raupp compara a comercialização de games violentos ao crime de
preconceito - pena esta que varia de um a três anos de prisão.

por adotta, fonte: Olhardigital/Uol



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

2 comentários:

Luciano Oliveira disse...

Acho que, assim como existe filmes para adultos, os jogos deveriam ter sua classificação também. Até os programas de TV têm. Para mim, assim resolveria o problema... o resto fica por conta dos pais.

PODIA ACABAR O MUNDO

HighTech | News disse...

Parabéns pelo blog! Sucesso e Feliz Páscoa!!!

Postar um comentário